Aconteceu a terceira etapa das ações de assistência social da Campanha “Proteja e Salve Vidas”

Aconteceu a terceira etapa das ações de assistência social da Campanha “Proteja e Salve Vidas”

24/07/2020

No contexto atual é preciso aflorar as formas de solidariedade, com ações concretas e especificas para contribuir com a população na busca da garantia de seus direitos, para que possam enfrentar os efeitos desse tempo de pandemia dignamente. Por isso, as ações de assistência social e de saúde do projeto “Proteja e Salve Vidas”, vindo do apoio da BB Seguros, do banco BV e do Banco do Brasil, por meio de sua Fundação do Banco do Brasil, em que Movimento de Organização (MOC) desenvolveu em comunidades rurais de municípios e sujeitos atendidos por suas ações, visa colaborar justamente nesse sentido de amenizar os efeitos traiçoeiros desse vírus, em uma realidade de desigualdades sociais e econômicas. Os municípios contemplados nessa etapa foram de Feira de Santana, Santanópolis, Araci, Riachão do Jacuípe, Retirolândia, SantaLuz, Teofilândia, Conceição do Coité, Valente, Nova Fátima, Cansanção, Nordestina, Tucano, Quijingue, Água Fria, Ichu e Barrocas.


Essas ações importantes de doar, leva mais que alimentos, transmite esperanças de tempos melhores para diversas famílias do Semiárido Baiano, além de alimentos, também distribuímos panfletos da Campanha Pela Divisão Justa do Trabalho Doméstico, contra o Coronavírus (Covid-19), há uma preocupação em ajudar na autonomia e geração de renda de famílias agricultoras e produtoras da Economia Solidária, a exemplo de produtos que foram fornecidos para as cestas por grupos de Empreendimentos Econômicos Solidários (EES), bem como as confecções das máscaras produzidas por grupos de mulheres, levando autonomia para muitas mães de famílias, que muitas vezes são as lideranças de seus lares, além de girar a econômica local comprando de pequenas empresas locais dos demais produtos.


Vale ressaltar que o MOC trabalha incansavelmente com ações que corroboram com o protagonismo e a busca pelos diretos das famílias do campo, por isso, prioriza a produção da agricultura familiar e economia solidária para fortalecer essas ações em tempos tão difíceis. O MOC reforça nesse sentido o agradecimento ao apoio do BB Seguros, do banco BV e do Banco do Brasil, por meio de sua Fundação do Banco do Brasil, pois sabe como isso é essencial para as famílias do campo.


O MOC sempre contou com o apoio e solidariedade, ao mesmo tempo em que também a exerce como um princípio fundamental.No contexto atual é preciso aflorar as formas de solidariedade, com ações concretas e específicas para contribuir com a população na busca da garantia de seus direitos, para que possam enfrentar os efeitos  dessa pandemia dignamente.

Agradecemos as doações:

@bbseguros

@bancobv

@bancodobrasil

@fundacaobb

Para saber mais informações:https://coronavirus.fbb.org.br/