Encontro discutiu questões de Prevenção e Enfrentamento à Violência contra as Mulheres em Serra Preta

Encontro discutiu questões de Prevenção e Enfrentamento à Violência contra as Mulheres em Serra Preta

28/03/2018

#MOC_PorumSertaoJusto


Aconteceu no município de Serra Preta, na terça-feira 27 de março, um Encontro para discutir ações de Prevenção e Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, proposta essa que partiu do Conselho Estadual de Direitos da Mulher que junto a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres (SPM) e algumas organizações que têm atuação local buscaram diálogo com órgãos municipais para a realização da atividade, levando a reflexão e debate sobre esse contexto, assim como pensar na criação de estratégias e mecanismos que combata essa triste realidade.

Na mesa de palestras esteve presente Karla Ramos (Representante da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres - SPM), a Tenente Edilene Silva (Comandante da Ronda Maria da Penha em Feira de Santana) e o Tenente Rafael Nascimento, assim como Selma Glória de Jesus, coordenadora do Programa de Gênero (PGEN do Movimento de Organização Comunitária (MOC) e membro do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher.

O MOC participou ainda enquanto entidade parceira do município, contando com a presença também da Coordenadora Pedagógica Vandalva Oliveira, assim como outras organizações como a Cooperativa de Consultoria Pesquisa e Serviços de Apoio ao Desenvolvimento Rural Sustentável (COOPESER) com representação de Cátia Almeida, além dos órgãos públicos, como as secretarias, de saúde, de educação, da Assistência e ainda Associações e Sindicatos, com essa forte participação, discutiu-se como se percebe a violência no município e como poderia soluciona esse problema que é de toda sociedade.

Para Selma Gloria (PGEN/MOC) é preocupante os números de violência contra as mulheres, em especialmente as mulheres negras, que são vítimas além de tudo da desigualdade econômica e social, questionando ainda quantas vezes se via a mulher só como secretária nos sindicatos e associações ao invés de ocuparem a presidência. “A sociedade tem uma dívida histórica com as mulheres”, com essa afirmou Selma.

A partir das explicações da tenente Edilene Silva, que apresentou sobre o funcionamento do trabalho da Ronda Maria da Penha em Feira de Santana, ressaltando como acontece o processo de capacitação para os policiais, que passam a atuar no atendimento às mulheres vítimas de violência, lembrando ainda desse papel da Ronda em defesa dos direitos humanos, os Policias Militares (PM) da corporação municipal, que participou também desse encontro, se dispuseram a articular uma capacitação para contribuírem mesmo como PMs nas medidas de proteção e Enfrentamento a Violência contra as Mulheres.

No momento oportuno do encontro, o vereador Magno firmou o compromisso da retomada das ações da Lei municipal de Combate e Enfrentamento a Violência contra as mulheres, que já existe e sendo de sua autoria, para levar ao executivo e analisar como colocada em ativa nesse processo de combate à violência. Além disso, outros pontos positivos foram encaminhados, como a criação da Rede de Enfrentamento contra as Mulheres e as ações que estão sendo planejadas para as escolas com o Programa Saúde na Escola (PSE), no qual serão abordadas a questão da violência, fazendo o recorte da violência contra as mulheres.

Encontro como esse fortalece a luta no combate a todos os tipos de violência contra as mulheres, pois busca mecanismo de proteção e segurança, que garantem as mulheres mais liberdade e autonomia de viver sem temer os ataques da cultura do machismo. “Essa luta não é minha só, ela é de todos nós (...)”.




Por: Robervânia Cunha
Programa de Comunicação do MOC - PCOM
Foto: ASCOM/ Prefeitura de Serra Preta