O IX Enconasa já começou resistindo e transformando

O IX Enconasa já começou resistindo e transformando

22/11/2016

O Movimento de Organização Comunitária - MOC representado pelo técnico Gilson Almeida se une a mais de 400 pessoas vindas de todos os estados do nordeste e do Norte e Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, para participar da IX edição do Encontro Nacional da ASA (ENCONASA). O evento que acontece entre os dias 21 a 25 de novembro, na cidade de Mossoró (RN), no território Vale do Açu no oeste Potiguar, aborda o tema “Povos e Territórios: Resistindo e Transformando o Semiárido”. “A PEC 55 que congela gastos públicos por 20 anos é a decretação da volta da miséria e da fome. É um verdadeiro crime contra o povo pobre”. A afirmação é do ex-ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República do Governo Dilma, Gilberto Carvalho, um dos debatedores da mesa que discutiu os cenários e conjuntura política e nacional – conquistas e ameaças aos direitos e à democracia, que aconteceu na tarde desta segunda (21) como parte da programação do primeiro dia do encontro. O cenário de perdas de direitos preocupa a sociedade civil organizada e as populações do Semiárido que agora testemunham as ameaças causadas pela PEC 55 (Proposta de Emenda à Constituição), chamada “PEC do fim do mundo” que agora tramita no Senado Federal e congela os investimentos em saúde, educação e previdência pelos próximos 20 anos. Soma-se a isto, o fim do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, a redução de investimentos em programas como o Bolsa Família e em tecnologias de convivência com o Semiárido, em um momento em que a região enfrenta seu quinto ano consecutivo de seca. Neste sentido, o EnconASA visibiliza refletir a conjuntura atual à luz de experiências de convivência com o Semiárido que perpassam por áreas como terra, água, segurança e soberania alimentar e nutricional, economia solidária, educação contextualizada, direitos das mulheres, biodiversidade, comunicação como direito, dentre outras.