MOC participa em Recife do Seminário

MOC participa em Recife do Seminário "Diálogos Juventudes e Agroecologia"

27/10/2016

Representando o Movimento de Organização Comunitária (MOC), o técnico de ATER, Pedro Genir, encontra-se em Recife com cerca de 150 jovens de 18 estados de todas as regiões do Brasil participando entre os dias 26 e 28 de outubro do Seminário "Diálogos Juventudes e Agroecologia".

O encontro retoma as discussões da Plenária de Juventudes do III Encontro Nacional de Agroecologia (ENA) que teve como mote “
Por que interessa à juventude discutir a Agroecologia?”. Esse encontro foi promovido pela Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), rede que envolve organizações e coletivos de todo o Brasil que repensam a agricultura através da Agroecologia, modo de produção que considera as relações sociais e ambientais.

Pensar estratégias para o fortalecimento da Agroecologia e da construção dos territórios agroecológicos, também é uma das propostas do encontro, segundo Pedro Genir. Em debate, estudos que dialogam com a permanência das juventudes no campo a partir do olhar dos/as próprios/as jovens.

Para dar visibilidade às pautas das juventudes e da Agroecologia, também denunciando os recentes retrocessos do atual governo os jovens realizam um ato político e cultural no Recife Antigo, nesta quinta-feira (27).

Estão nessa construção além do MOC, diversos movimentos, coletivos e organizações que atuam em diálogo com a Agroecologia no país, como o Levante Popular da Juventude, o MST, a Rede de Grupos de Agroecologia do Brasil (Rega), 
Pastoral da Juventude Rural (PJR), a Contag, o CETRA, a AS-PTA, além de jovens de populações tradicionais.

Por:
Maria José Esteves
Programa de Comunicação do MOC