Crianças e Adolescentes participam de Intercâmbio em Conceição do Coité

Crianças e Adolescentes participam de Intercâmbio em Conceição do Coité

08/09/2016

O movimento de organização Comunitária (MOC), realizou hoje, 08, no município de Conceição do Coité o Intercâmbio de Troca de Experiências entre Crianças e Adolescentes promovido por vínculos solidários do MOC numa parceria da ACTIONAID. Aconteceu no auditório do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de Conceição do Coité.

O evento contou com a participação de cerca de 50 crianças do município de Conceição do Coité sendo elas das Comunidades de Serrote, Lagoa Ferrada, Gibóia de Salgadália, Açude de Aroeira, Boa Vista, Distrito de São João e Nova Palmares.

Diante da programação as crianças e adolescentes participaram de dinâmicas, roda de prosa sobre vários direitos e trabalhos interativos com grupos por comunidade.

Na oportunidade integrantes do Conselho Tutelar, Jackson Moraes e Luana Santos, participaram da atividade onde fizeram uma reflexão sobre direitos e deveres de crianças e adolescentes.

Jackson Moraes, conselheiro tutelar falou da participação do Conselho nesse espaços “é muito importante a participação do Conselho Tutelar em eventos como este porque demonstra a preocupação da sociedade sendo o cuidado  com nossos jovens e adolescentes e a ação do conselho tutelar atuando juntamente com esse jovem para dizer um pouco mais sobre o que são direitos e seus deveres da criança e do adolescente. Precisamos entender que a cada dia esses direitos estão sendo violados muita das vezes por conta da falta de conhecimento e quando o conselho é convidado em uma ação como essa do MOC junto ao Sindicato Rural para nós do conselho e muito gratificante”.

O conselheiro faz uma reflexão diante do Intercâmbio. “Acreditamos que o futuro de nossas crianças e nossos adolescentes estão nesses projetos sociais e desde já parabenizo toda ação do MOC a direção do Sindicato por está realizando essas atividades, essas oficinas que vem a cada dia incentivar o publico infanto-juvenil pois, infelizmente a cada dia a gente perde essas crianças e tantos jovens para as drogas, e quando tem uma ação dessa precisamos estar unidos para fortalecer esses direitos e construir uma sociedade justa”, ressalta. 

O adolescente Edmundo Souza, de 14 anos, do Distrito de São João, fala que: “o intercâmbio foi muito importante porque estou aprendendo sobre direitos e deveres e acho que tudo isso pode ser repassado pra outras pessoas. Nós crianças e adolescentes precisamos ter consciência do que é certo e errado”, comenta o adolescente.

No intercâmbio aconteceu ainda muita diversão com brincadeiras e músicas. Outros seis municípios do território do Sisal e Bacia do Jacuípe realização o Intercambio.
 

Kívia Carneiro
Comunicóloga
Programa de Comunicação do MOC