Defesa da democracia na 2ª CNATER

Defesa da democracia na 2ª CNATER

31/05/2016

Mulheres rurais reunidas na manhã desta terça (31/05), em Brasília durante a 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (2ª Cnater), desencadearam um momento marcante em defesa da democracia brasileira. Vozes de 350 delegadas, dentre elas Ana Dalva Santana, representante do MOC,  ecoaram os versos “Pra mudar a sociedade do jeito que a gente quer/Só participando sem medo de ser mulher”.

As delegadas se reuniram antes da abertura do evento para reafirmar a luta por mais políticas públicas e em defesa da democracia.

"Este momento foi marcante pela importância valiosa e oportuna da reflexão sobre a conjuntura política e de estratégia para enfrentamento, na luta pelo restabelecimento dos Ministérios Social e Agrário recentemente extintos pelo governo federal interino. Como também um espaço de reflexão dos avanços de ATER nos últimos anos", ressalta Ana Dalva.

A 2ª Cnater busca estabelecer estratégias e ações prioritárias para promover a universalização da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) pública e de qualidade para os agricultores familiares do Brasil, visando ampliar a produção de alimentos para todos. A conferência que acontece no Centro de Convenções Ulysses Guimarães envolve representações das diversas instâncias de governo e da sociedade civil.

Durante quatro dias, entre 31/05 a 03/06, além dos debates e oficinas, haverá diversas apresentações artísticas, como danças indígenas e shows musicais com: Mestre Luiz Paixão, P1 Rappers, Chico César, Talo de Mamona e Dona Onete. O público também poderá conferir as exposições: Mandala da Fertilidade, Filhos da Terra e Caminhos Rurais do DF.

Por:
Maria José Esteves
Programa de Comunicação do MOC