Bahia discute os rumos e políticas para a Juventude

Bahia discute os rumos e políticas para a Juventude

30/10/2015

Entre os dias 29 e 31 de outubro, a Bahia discute os rumos e políticas para a juventude, durante a 3ª Conferência Estadual da Juventude da Bahia (3ª ConfJuv-Ba), evento realizado no Hotel Sol Bahia, em Salvador.

A iniciativa da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e do Conselho Estadual de Juventude (CEJUVE) reúne cerca de 330 delegados dos 27 territórios de identidade do estado para tratar do tema “As várias formas de mudar a Bahia e o Brasil”.

O jovem Anderson Flancklin, integrante do Coletivo de Jovens que é uma rede de juventude fomentada pelo Movimento de Organização Comunitária (MOC) nos territórios do Sisal, Bacia do Jacuípe, Portal do Sertão e Semiárido Nordeste 2, representa a instituição no local. “É bastante gratificante representar a juventude do meu território e do MOC na Conferência Estadual de Juventude. Que possamos aprovar e criar deliberações importantes para nossas juventudes em especial a juventude do campo que há muito tempo esqueceram e agora nós jovens rurais estamos lutando por mais direitos e oportunidades fomentando agricultura familiar, acesso a terra, educação, saúde e a direitos que são nossos”, ressalta Anderson.

A 3ª ConfJuv-Ba reúne 87 delegados que levarão as propostas da Bahia para a 3ª Conferência Nacional de Juventude, que será realizada em Brasília, de 16 a 19 de dezembro deste ano.

Por:
Maria José Esteves
Programa de Comunicação do MOC