Projeto Cirandando pelos Direitos realizou monitoramento de suas ações

Projeto Cirandando pelos Direitos realizou monitoramento de suas ações

09/01/2018

#MOC_PorumSertaoJusto

Um dia para analisar, refletir e discutir as ações do Projeto Cirandando pelos Direitos, desenvolvido pelo Movimento de Organização Comunitária – MOC em parceria com a Kinder Not Hilfe – (KNH), uma entidade alemã que desenvolve ações voltadas para o direito de crianças e adolescentes, aconteceu em Retirolândia no dia 09 de Janeiro e contou com a participação das jovens multiplicadores
 do projeto, como também com as orientação de Cloenice Oliveira (Programa de Comunicação do MOC) e Vandalva Oliveira (Coordenadora Pedagógica do MOC).

Seguindo essa linha de analisar as ações já realizadas nas comunidades, que foi montado um roteiro de questões para uma atividade de retorno as comunidades e assim coletarem os resultados a partir da visão de quem vivência na integra o projeto. Será feito ainda uma retrospectiva para construir esse momento de avaliação para a partir disso poder planejar os próximos passos para o ano de 2018.

O projeto trabalha com a proposta de contribuir com o desenvolvimento sustentável, a partir de um processo educacional contextualizado e participativo, sendo executado nas comunidades de Rose, Miranda e Mucambinho do município de Santaluz e Jitaí de Retirolândia. E assim possibilita que as comunidades rurais tenham acesso a comunicação como direito para crianças e adolescentes, repercutido para suas famílias e todo ciclo comunitário.

As rádios poste instaladas nas comunidades, como também as formações práticas e técnicas de conhecimentos, garante a inclusão no processo de produzir essa comunicação comunitária, protagonizando o sujeito para além de meros receptores.




Por: Robervânia Cunha
Programa de Comunicação do MOC - PCOM