Serrinha será o primeiro município a receber a Caravana MOC 50 anos

Serrinha será o primeiro município a receber a Caravana MOC 50 anos

26/04/2017

#2017MOC50anos
#PorUmSertaoJusto
O Movimento de Organização Comunitária (MOC) completa neste ano meio século de história, de trabalho e de lutas buscando contribuir na transformação da vida das pessoas ena luta por um Sertão Justo. Para comemorar seus 50 anos de trajetória e resistência lançou a “Caravana MOC 50 anos - Por um Sertão Justo” que implicará na realização de um conjunto de ações voltadas para a missão e os objetivos estratégicos da instituição. 

Serrinha será o primeiro município a receber no próximo 27 de abril a Caravana que desbravará, com ações itinerantes, as estradas “do portal ao coração do sertão’. Serrinha é um dos nove municípios no roteiro da Caravana por concentrar projetos das diferentes áreas programáticas da instituição.

Durante todo o dia as pessoas que constituem o público prioritário da entidade, parceiros,autoridades e funcionários, se reunirão no Colégio Estadual Rubem Nogueira,localizado na Praça Morena Bela. As atividades da manhã acontecerão entre às 8h30e 12h30 com oficinas temáticas, seminários territoriais e exposições. À tarde a entidade fará um “Talk Show” ou seja, uma roda de diálogo envolvendo o público e os sujeitos que dão sentido ao trabalho e missão da instituição. Agricultores familiares, mulheres, jovens, crianças, comunicadores, sindicalistas, irão expressar de que modo a história do MOC tem colaborado para a mudança de suas vidas.

Criado em 1967, o MOC é uma organização não governamental que surgiu com o objetivo de organizaras comunidades carentes de Feira de Santana. No decorrer da década de 1970, o foco de atuação se deslocou para as comunidades rurais do Semiárido baiano,especialmente na Região Sisaleira. Hoje presente nos Território do Sisal, Baciado Jacuípe e Portal do Sertão, busca pelo desenvolvimento sustentável desenvolvendo ações de fortalecimento da sociedade civil, da agricultura familiar, dos direitos de mulheres, homens, jovens, crianças e adolescentes, da educação do campo, da comunicação comunitária e do acesso à água, agroecologia e alimentação saudável.

Por:
Maria José Esteves
Programa de Comunicação do MOC


DOWNLOAD DO ANEXO