Comunidades de Retirolândia celebram inauguração de Rádios Postes

Comunidades de Retirolândia celebram inauguração de Rádios Postes

11/07/2018

#MOC_PorumSertaoJusto

As comunidades de Lagoa Grande e Laginha, lugares de lutas, esperanças e realizações, localizadas no município baiano de Retirolândia, inauguraram suas rádios postes na manhã do dia 09 de julho, como parte das ações do projeto “Crianças e Adolescentes: Re’Tocando Vidas, Direitos e Sonhos no Semiárido”, realizado pelo Movimento de Organização Comunitária (MOC), com o apoio da instituição alemã Kinder Not Hilfe – (KNH), que busca fortalecer os direitos das crianças e dos adolescentes com foco na comunicação e participação social. 

As inaugurações aconteceram separadamente, primeiro foi na comunidade de Laginha, na Escola Tiradentes e depois em Lagoa Grande, na Creche Municipal Irmã Dulce. Estavam presentes Vandalva Oliveira, Coordenadora Pedagógica do MOC, Jenira e Alaine Silva, Presidentes da Associação Comunitária de Laginha, Terezinha, representando o Movimento de Mulheres de Trabalhadoras Rurais e o Sindicato de Retirolândia, as crianças e adolescentes, as jovens multiplicadoras, os moradores e as comissões gestoras da rádio.

“O MOC acredita que o direito à comunicação perpassa pelo protagonismo das pessoas na sua produção, o que se opõe ao modelo de comunicação verticalizada que faz dos sujeitos meros receptoras de informações. As rádios postes fortalecem a comunicação local, a produção e disseminação de informações sobre a realidade das comunidades, sobre os sonhos das pessoas, as ameaças à garantia dos seus direitos e as soluções que juntos podem buscar para melhorar as condições de suas vidas ”, frisou Vandalva Oliveira.

Na busca de uma comunicação participativa e comunitária, o projeto visa junto a Rádio contribuir com o desenvolvimento da comunidade local e protagonismo de crianças, adolescentes, escola e outras organizações. A rádio será um multiplicador de informações e uma ferramenta para os moradores atingirem seus objetivos coletivamente.