Monitoramento do Projeto Cirandando Pelos Direitos aconteceu no Assentamento Rose em Santaluz

Monitoramento do Projeto Cirandando Pelos Direitos aconteceu no Assentamento Rose em Santaluz

24/04/2018

#MOC_PorumSertaoJusto

O projeto Cirandando pelos Direitos desenvolvido pelo Movimento de Organização Comunitária (MOC) em parceria Kinder Not Hilfe – (KNH), realizou no dia 23 de abril, no Assentamento Rose, no município de Santaluz, uma reunião para monitorar as ações do Plano de Desenvolvimento Local, com objetivo de acompanhar as atividades e as demandas que estão no Plano desde i
nício do projeto, que esse ano completa cinco anos de caminhada. O Plano visa ainda contribuir com revindicações das comunidades na busca por mais melhoria nos diversos fatores que necessitam, como: educação, saúde, alimentação saudável, lazer, infraestrutura e muito mais.

A reunião contou com a participação de membros da comunidade, jovens do projeto e foi mediada pela técnica do Programa de Comunicação do Movimento de Organização Comunitária (MOC) Cleonice Oliveira. Na oportunidade, relataram sobre as solicitações feitas à gestão municipal, que ainda não foram atendidas, como reforma do posto de saúde, pois não se tem local adequado para atendimento médico a comunidade, iluminação, as ruas estão as escuras, esgoto em aberto, entre outras melhorias que são direitos da comunidade acessar na realidade onde vivem.

Assim, o projeto que tem justamente o propósito de colaborar com a garantia dos direitos das crianças e adolescentes, como no desenvolvimento sustentável das comunidades rurais, que na maioria das vezes, como neste caso estão sendo violados, incentivou a construção de uma comissão para dialogar mais uma vez com a gestão pública, na tentativa de sanar essas necessidades.



Por: Robervânia Cunha -
PCOM/MOC